google.com, pub-7228869011542059, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

O que sou na verdade ?

Sou o intervalo entre o que desejo ser e os outros me fizeram.

Fernando Pessoa


Talvez, essa seja a melhor definição do Poeta Português, Fernando Pessoa (1888-1935), https://pt.wikipedia.org/wiki/Fernando_Pessoa , sobre o mundo que vivemos hoje.

Há alguns dias escrevi sobre ser verdadeiro consigo mesmo, e achei que poderia escrever mais um pouco.

As redes sociais são muito utilizadas por jovens (ou não tão jovens assim), tanto para se informar quanto para entretenimento.

Porém, as propagandas e anúncios publicitários mostram a eles, de forma direta ou indireta, corpos “perfeitos”, mas que não refletem a realidade.

Por conta do poder que a mídia tem sobre a sociedade, ela influencia principalmente os jovens (mas também alguns mais velhos, o que é preocupante).

A mídia também influencia o padrão de beleza quando nos mostra pessoas que são aceitas e respeitadas, também conhecidas como “influencers”, apresentando produtos para atingir uma forma física dita ideal.

Nós não podemos esquecer que muitas dessas pessoas que nos influenciam por meio da publicidade já fizeram algum tipo de intervenção no próprio corpo para também serem vistas dentro do padrão de beleza. Eu vejo isso muito em amigas e conhecidas minhas.

E com o crescimento do uso de aplicativos como o Facebook e o Instagram, milhares de pessoas em todo o mundo estão ganhando muito dinheiro fazendo publicidade para marcas, ditando padrão de beleza e acirrando o clima de competição em relação à aparência e à estética, o que tem gerado uma forte pressão nos usuários.

Inclusive, tal pressão levou o Instagram a ocultar o número de curtidas nas publicações da plataforma, como uma tentativa de diminuir o clima de competição entre os usuários para que eles se sintam mais livres para postarem seus conteúdos.

Desde anos atrás, a mídia já implantava, através, principalmente, das capas de revistas, um ‘padrão de beleza’ na sociedade. Com o passar do tempo, e a quase extinção dos impressos, as redes sociais passaram a ocupar esse papel, por meio da exaltação de corpos perfeitos, que despertam o desejo de se encaixar em um padrão imposto e irreal.

Hoje em dia é fácil perceber a influência das redes sociais na vida pessoal do ser humano, na maneira de ser, falar, se vestir e, principalmente, se enxergar. Os impactos causados por elas são cada vez mais preocupantes.

1 visualização0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page