google.com, pub-7228869011542059, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

FUNDAMENTOS E PROJETO DE BIG DATA

Atualizado: 25 de fev. de 2023

Os métodos tradicionais para armazenamento e processamento de dados em grandes empresas começaram a não ser suficientes, gerando problemas e gastos cada vez maiores para suprir suas necessidades.


Devido a esses acontecimentos, surgiu o conceito de Big Data, uma área do conhecimento que tem como intuito estudar maneiras de tratar, analisar e gerar conhecimento através de grandes conjuntos de dados que não conseguem ser trabalhados em sistemas tradicionais.


Para entender melhor esse conceito, podemos pensar na forma como esse sistema tradicional de armazenamento e processamento de dados é realizado. Perceba que é colocado aqui no presente como “é realizado”, porque os processos de trabalho com o Big Data não excluem a forma de trabalhar no sistema tradicional em grande parte dos casos, uma vez que muitas empresas não necessitam da utilização de ferramentas do Big Data para manipular os dados, e mesmo as grandes empresas utilizam um sistema híbrido. Dessa forma, as duas maneiras de trabalhar com os dados coexistem.


O sistema tradicional utiliza os famosos SGBDs, ou sistemas gerenciais de banco de dados, que guardam informações de forma estruturada, no formato de tabelas, com linhas e colunas. Utilizam máquinas com grande capacidade de armazenamento e processamento. Quando há a necessidade de expandir a capacidade dessas máquinas, é necessário introduzir novos componentes de hardware, para que tenham mais memória e processamento.


Os problemas que começam a aparecer quando se alcança um grande volume de dados usando esse sistema tradicional são relacionados à escalabilidade, disponibilidade e flexibilidade. Como exemplos, podemos mencionar que é muito custoso o aprimoramento dessas máquinas de maneira vertical a cada vez que é necessário realizar um upgrade, corriqueiramente nesse momento o sistema fica indisponível, já que a máquina está em processo de manutenção. Para que fosse possível resolver os problemas que surgiram, foi necessário criar novas ferramentas para suprir todas as necessidades. A escalabilidade vertical, no qual aprimoramos uma máquina adicionando mais recursos como memória e processamento, não garante uma efetividade quando se trata de Big Data.


Para contornar os problemas, grandes empresas pesquisaram um novo sistema que fosse escalável, surgindo então o Hadoop, uma forma de armazenamento e processamento distribuído. A ideia é utilizar cluster de máquinas ou agrupamento de computadores. De forma isolada, um único computador nesse cluster não tem um poder de processamento muito poderoso, mas, em conjunto, conseguem fornecer poder de processamento e armazenamento capazes de suprir as necessidades.


7 visualizações1 comentário
bottom of page