google.com, pub-7228869011542059, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

"Eu, Robô" de Isaac Asimov

Atualizado: 10 de mar. de 2023


Gostei desta resenha do livro, no Tmblr, e resolvi compartilhar.


"Eu, Robô" de Isaac Asimov, foi publicado pela primeira vez em dezembro de 1950 e se tornou um dos maiores clássicos da ficção científica de todos os tempos! . Inteligência artificial pura! É disso que trata esta obra! 🤖 O livro é um compilado de nove contos de histórias de robôs em que o autor propõe as três leis da robótica, às quais todos os robôs são submetidos: 1) um robô não pode ferir um humano ou permitir que um humano sofra algum mal; 2) os robôs devem obedecer às ordens dos humanos, exceto nos casos em que tais ordens entrem em conflito com a primeira lei; 3) um robô deve proteger sua própria existência, desde que não entre em conflito com as leis anteriores.


A partir daí ele cria situações em que essas leis parecem entrar em conflito e é nessa hora que a dra. Susan Calvin é chamada para solucionar os problemas. Ela é quem serve de elo à todos esses contos e também é quem narra as histórias pra nós. Os contos seguem uma linha temporal, não são continuações diretas um do outro, mas ao longo deles vemos o desenvolvimento da robótica e suas implicações no percurso da humanidade.


No primeiro conto temos um robô mais simples, que serve de babá pra uma criança, enquanto no último tempos máquinas governando o mundo inteiro (e não é distópico)! . 🔖Minha opinião: fiquei fã do autor depois de ler "Eu, Robô", mas apesar disso, não foram todos os contos que me agradaram. No entanto, alguns deles são simplesmente SESACIONAIS! O último é o meu preferido! (Mas se vc for ler, aconselho ler na ordem pra poder acompanhar a evolução 😉). . "Eu, Robô" é essencial pra quem deseja conhecer esse gênero da literatura, que, aliás, nunca foi tão atual! ✨



Gosto deste livro, tem até um album musical inspirado nele: I Robot, É o título da obra de Isaac Asimov. Muitas das canções deste álbum são baseadas em novelas deste escritor. O álbum é chamado de "uma visão do amanhã através dos olhos de hoje". Banda: The Alan Parsons Project .





6 visualizações0 comentário
bottom of page