google.com, pub-7228869011542059, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Desvendando as raízes do Cyberpunk: Um mergulho no movimento Proto-Cyberpunk

Atualizado: 21 de jan.


O proto-cyberpunk é um termo utilizado para descrever obras de ficção científica que antecederam o surgimento do movimento cyberpunk na década de 1980. Essas obras apresentavam muitos dos elementos que se tornaram características do cyberpunk, como a combinação de tecnologia avançada com uma sociedade decadente e opressiva.


O proto-cyberpunk teve origem nos anos 60 e 70, sendo influenciado por mudanças culturais significativas, incluindo o movimento hippie, a contracultura e a Guerra do Vietnã. A ciência e a tecnologia também desempenharam um papel importante, com o surgimento de computadores pessoais, redes de computadores e outros avanços tecnológicos.


Uma das principais características do proto-cyberpunk é a descrição de uma sociedade decadente e opressiva que utiliza a tecnologia avançada para controlar e reprimir a população. Essa sociedade é frequentemente retratada como uma distopia, com os personagens lutando contra um sistema corrupto e autoritário.





Outra característica importante do proto-cyberpunk é a fusão da tecnologia com a vida cotidiana, com a tecnologia avançada sendo utilizada para transformar as relações humanas e sociais. A tecnologia é vista como uma força disruptiva e potencialmente libertadora, mas também pode ser usada para manter o controle sobre as pessoas.


O uso de ambientes urbanos e noturnos é outra característica comum do proto-cyberpunk, com cidades sujas, sombrias e labirínticas servindo como cenários para as histórias. As drogas também são frequentemente retratadas como parte da cultura dessas sociedades decadentes, com personagens muitas vezes usando drogas para escapar da realidade opressiva ao seu redor.




Alguns dos filmes frequentemente citados como exemplos de proto-cyberpunk incluem:


  • "Blade Runner" (1982), dirigido por Ridley Scott, que é frequentemente considerado um marco do movimento cyberpunk, mas apresenta elementos do proto-cyberpunk em sua descrição de uma sociedade futura desigual e decadente. (escrevi sobre este filme aqui)

  • "Tron" (1982), dirigido por Steven Lisberger, que apresenta um universo virtual em que os programas de computador lutam pela liberdade contra o controle do usuário humano.

  • "Alphaville" (1965), dirigido por Jean-Luc Godard, que apresenta um ambiente distópico em que a tecnologia é usada para controlar e reprimir a população.






Em suma, o movimento proto-cyberpunk é um importante precursor do movimento cyberpunk e se concentra em uma sociedade decadente e opressiva que utiliza a tecnologia avançada para controlar e reprimir a população. Ele apresenta uma visão distópica do futuro, onde a tecnologia é vista como uma força potencialmente libertadora, mas também pode ser usada para manter o controle sobre as pessoas.





50 visualizações0 comentário
bottom of page