google.com, pub-7228869011542059, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Ciências de Dados & Big Data

Atualizado: 28 de mar. de 2023

Ciência de dados é um campo multidisciplinar que envolve métodos, processos e sistemas para extrair conhecimento ou insights de dados estruturados e não estruturados. O objetivo da ciência de dados é transformar dados brutos em informações úteis para tomadas de decisão e descoberta de padrões. É uma área em rápido crescimento que tem aplicações em muitos campos, incluindo negócios, saúde, ciências sociais e ciências naturais.


O processo de ciência de dados geralmente começa com a coleta de dados brutos, que podem ser estruturados (por exemplo, dados armazenados em bancos de dados) ou não estruturados (por exemplo, texto ou imagens). Em seguida, os dados são limpos, transformados e organizados para análise. A análise pode envolver a aplicação de estatísticas descritivas, técnicas de aprendizado de máquina e mineração de dados para identificar padrões, tendências e insights.

Big Data é um termo usado para descrever conjuntos de dados extremamente grandes e complexos que não podem ser processados ​​usando métodos tradicionais de processamento de dados. Esses dados são caracterizados pelas chamadas 3 Vs: volume (quantidade), velocidade (velocidade de processamento) e variedade (diversidade de fontes). Big Data pode incluir dados de sensores, transações, imagens, vídeos, redes sociais e muito mais.


A análise de Big Data envolve o uso de tecnologias como computação em nuvem, armazenamento distribuído e processamento paralelo para lidar com conjuntos de dados enormes. Além disso, as técnicas de aprendizado de máquina e mineração de dados são amplamente utilizadas na análise de Big Data para identificar padrões e prever resultados.


A ciência de dados e o Big Data estão intimamente relacionados e muitas vezes são usados ​​juntos. A ciência de dados é a abordagem geral para lidar com dados, enquanto o Big Data é um desafio específico que requer soluções técnicas específicas para lidar com a enorme quantidade e complexidade dos dados. Juntos, eles podem ser usados ​​para obter insights valiosos que podem ajudar a orientar decisões de negócios, políticas governamentais e avanços científicos.


Quais aplicativos e programas são utilizados em Ciências de Dados?


Existem muitos aplicativos e programas utilizados em Ciência de Dados, dependendo das necessidades e objetivos específicos de cada projeto. Algumas das ferramentas mais comuns incluem:

  1. Linguagens de programação: as linguagens de programação mais populares para Ciência de Dados incluem Python, R e SQL. Essas linguagens são usadas para manipular, analisar e visualizar dados.

  2. Ferramentas de visualização de dados: essas ferramentas são usadas para criar visualizações de dados, como gráficos, tabelas e mapas. Exemplos incluem Tableau, Power BI e QlikView.

  3. Ferramentas de análise de dados: essas ferramentas são usadas para análise estatística e análise de dados. Exemplos incluem IBM SPSS, SAS e Stata.

  4. Ferramentas de machine learning: essas ferramentas são usadas para criar modelos de machine learning para prever ou classificar dados. Exemplos incluem TensorFlow, scikit-learn e Keras.

  5. Ferramentas de big data: essas ferramentas são usadas para armazenar, gerenciar e processar grandes conjuntos de dados. Exemplos incluem Hadoop, Spark e Apache Cassandra.

  6. Ferramentas de processamento de linguagem natural: essas ferramentas são usadas para análise de texto e processamento de linguagem natural. Exemplos incluem NLTK, SpaCy e Gensim.

  7. Ferramentas de mineração de dados: essas ferramentas são usadas para identificar padrões e relacionamentos em grandes conjuntos de dados. Exemplos incluem RapidMiner, KNIME e Weka.

Essas são apenas algumas das ferramentas e programas comuns usados em Ciência de Dados. É importante notar que diferentes projetos exigirão diferentes ferramentas e programas, e a escolha de ferramentas dependerá das necessidades e objetivos específicos do projeto em questão.

Quais são os melhores programas para se utilizar em Ciências de Dados?


Não existe um programa “melhor” para Ciência de Dados, pois a escolha depende das necessidades e objetivos específicos de cada projeto. No entanto, há alguns programas e ferramentas que são populares entre os profissionais de Ciência de Dados e que podem ser úteis para uma variedade de tarefas:

  1. Python: é uma linguagem de programação amplamente usada em Ciência de Dados. É fácil de aprender e possui muitas bibliotecas populares para análise de dados, como Pandas, Numpy, Scikit-Learn e Matplotlib.

  2. R: é outra linguagem de programação popular para Ciência de Dados. É especialmente bom para análise estatística e visualização de dados, e possui muitas bibliotecas populares, como dplyr, ggplot2 e caret.

  3. SQL: é uma linguagem de consulta de banco de dados amplamente usada para gerenciar e analisar grandes conjuntos de dados.

  4. Tableau: é uma ferramenta popular para visualização de dados, que permite criar gráficos, tabelas e dashboards interativos.

  5. Power BI: é outra ferramenta de visualização de dados popular da Microsoft, que permite criar visualizações interativas e relatórios para análise de dados.

  6. Hadoop: é uma plataforma de processamento de big data que permite armazenar e processar grandes conjuntos de dados em clusters de computadores.

  7. Spark: é uma plataforma de processamento de big data que é executada em cima do Hadoop e permite processamento em tempo real e processamento de dados em lote.

  8. RapidMiner: é uma ferramenta de mineração de dados e análise preditiva que permite criar modelos de machine learning e análise de dados.

É importante lembrar que a escolha das ferramentas e programas deve ser baseada nas necessidades e objetivos específicos de cada projeto de Ciência de Dados. Cada projeto pode ter requisitos diferentes, e a escolha das ferramentas deve ser feita com base nesses requisitos.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page