google.com, pub-7228869011542059, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Catfish e golpes online: o perigo oculto que ameaça a todos! E pega você se não ficar "esperto"!

Atualizado: 7 de jun. de 2023


Serei repetitivo, chato, e falarei novamente sobre #golpes on-line. Sim, temos informações em demasiado, mas pessoas continuam caindo. As pessoas não estão mais “otárias”, como se costuma se falar, mas, utilizando minha experiência no atendimento no cotidiano #bancário, me espanta o tanto de reclamação e questionamento, ou pedido de auxílio, de clientes que caem em golpe. Ainda caem, por exemplo, no golpe do bilhete premiado, acreditam?


O mundo digital trouxe inúmeras oportunidades de conexão e interação, mas também abriu caminho para o aumento de catfish e golpes online. Essas práticas fraudulentas podem trazer sérias consequências para os usuários desprevenidos. Neste artigo, abordaremos medidas de segurança e dicas essenciais para se proteger contra essas armadilhas cibernéticas.


Veja os textos, que já abordei o assunto acima, a seguir, em que já falei sobre golpes on-line:






Muita informação não é mesmo?


Mas vendo um texto na intranet do meu trabalho, senti, novamente, a necessidade de compartilhar sobre mais um golpe na praça. O Catfish.


Catfish?


Você procurará no Google sobre o Catfish e deparar com esta foto:



Não é sobre o peixe que falarei, e sim de um tipo de golpe.


Antes de entrar em detalhes sobre como se proteger, é importante entender o que são catfish e golpes online. O termo “catfish” refere-se a uma pessoa que cria uma identidade falsa nas redes sociais, geralmente usando fotos e informações de outra pessoa, visando enganar e manipular os outros. Por outro lado, golpes online envolvem estratégias fraudulentas, como phishing, ransomware e fraudes de pagamento, que visam obter informações pessoais, financeiras ou causar prejuízos financeiros.


Para se proteger contra catfish e golpes online, é essencial adotar algumas práticas de segurança. Aqui estão algumas dicas importantes:

  1. Mantenha a privacidade: Limite o acesso às suas informações pessoais, como número de telefone, endereço e detalhes bancários. Verifique as configurações de privacidade em suas contas de mídia social e certifique-se de compartilhar apenas com pessoas confiáveis.

  2. Verifique a identidade: Antes de confiar em alguém online, verifique cuidadosamente sua identidade. Procure por inconsistências em fotos, informações de perfil e histórico de atividades. Realize pesquisas na web usando o nome da pessoa para verificar se há informações conflitantes ou suspeitas.

  3. Desconfie de solicitações de dinheiro: Se alguém que você conheceu online pedir dinheiro, seja cauteloso. Essa é uma tática comum usada por golpistas. Nunca compartilhe informações financeiras ou efetue transferências de dinheiro para pessoas que você conheceu apenas virtualmente.

  4. Fortaleça suas senhas: Use senhas únicas e complexas para todas as suas contas online. Evite informações pessoais óbvias e atualize suas senhas regularmente. Considere o uso de um gerenciador de senhas confiável para manter suas informações seguras.

  5. Esteja ciente de técnicas de phishing: fique atento a e-mails, mensagens ou links suspeitos que solicitem suas informações pessoais. Golpistas muitas vezes se passam por empresas ou organizações legítimas para obter acesso a dados sensíveis. Nunca clique em links suspeitos e verifique sempre a autenticidade da fonte antes de fornecer qualquer informação.

Ao buscar informações e recursos adicionais sobre segurança online, recomendo visitar o blog do Banco do Brasil, disponível em blog.bb.com.br/catfish-e-golpes-online/. Esse blog é uma excelente fonte de dicas e orientações para se proteger contra catfish e golpes online.


Além disso, existem outros sites confiáveis de cibersegurança que fornecem informações valiosas sobre proteção online. Alguns dos principais sites incluem:

  1. Kaspersky Lab – www.kaspersky.com.br

  2. Norton – br.norton.com

  3. McAfeewww.mcafee.com

  4. Avastwww.avast.com/pt-br

  5. Trend Microwww.trendmicro.com

Esses sites oferecem informações atualizadas sobre as últimas ameaças cibernéticas, fornecem dicas de segurança e oferecem soluções de proteção confiáveis para manter-se seguro online.


Lembre-se, a segurança online é fundamental atualmente. Ao seguir as práticas mencionadas neste artigo e buscar informações confiáveis em sites de segurança cibernética, você estará melhor preparado para evitar catfish e golpes online. Proteja sua identidade digital e navegue com segurança pela internet.


E o que blog do Banco do Brasil diz sobre o catfish?


Reproduzindo o que eu li, segue o que é falado sobre este tipo de golpe.


Como funciona o golpe catfish?


Os criminosos criam um perfil falso utilizando fotos de terceiros. Normalmente se passam por pessoas bem-sucedidas, com boa aparência, e iniciam conversas pelas redes sociais. Fingem interesse pela vítima e gradualmente vão conquistando sua confiança. Depois aplicam o golpe, que pode ir de estelionato sentimental a extorsão de dinheiro ou instalação de arquivos infectados com vírus capazes de roubar #dadospessoais e bancários.


As abordagens são bem construídas, a interação pode se estender por dias e até meses, e a pessoa parece estar realmente interessada. Costumam manter conversas frequentes e enviar fotos, mas sempre apresentam justificativas para não haver um encontro presencial ou uma conversa por videochamada. Criam personagens com profissões que justificam o distanciamento físico, como modelos, marinheiros e militares, ou se passam por estrangeiros ou residentes em outros países.



Assim que o criminoso consegue estabelecer um vínculo e conquistar a confiança da vítima, ele tenta, em suas abordagens, extrair dinheiro, apresentando contextos que costumam ter a mesma falsa urgência apresentada nos golpes de phishing.


Confira algumas situações que os golpistas podem simular como estratégia de persuasão para mexer com o emocional e sensibilizar as vítimas, obtendo vantagens financeiras:


O celular está quebrado ou foi roubado

A mensalidade da faculdade está atrasada

Foi roubado(a) e está precisando de dinheiro

Algum parente está passando por dificuldades e precisa de ajuda financeira

Está precisando de dinheiro imediato para alguma emergência, mas as aplicações que possui não têm liquidez

Está preso no exterior e precisa transferir um dinheiro urgente

Emissão de passagem para que se conheçam

Oferta de investimento online com promessa de retorno elevado e rápido.


As alegações são diversas e podem se tornar recorrentes, tudo para conseguir extrair dinheiro das vítimas, que, por estarem envolvidas emocionalmente, muitas vezes são enganadas ao longo de meses.


Em outras situações, os criminosos se passam por pessoas incríveis e apaixonadas, podem convencer a vítima a enviar fotos íntimas, vídeos e compartilhar informações pessoais, tudo isso apenas para fazer algum tipo de chantagem.


Vou repetir o que foi falado acima: Como não cair nessa cilada?


Esse tipo de golpe acontece exclusivamente no meio digital. Os criminosos constroem um perfil muito convincente, mas nunca encontram a vítima pessoalmente. Por isso, alguns cuidados são necessários:


Desconfie de abordagens feitas por estranhos nas redes sociais e principalmente se, com o passar do tempo e do estabelecimento do vínculo virtual, a pessoa sempre apresentar desculpas para não ter um contato pessoal ou por videochamada.

Preste atenção caso a pessoa relate dificuldades financeiras ou solicite a transferência de valores, por independentemente do motivo. Jamais faça transações solicitadas apenas por mensagens ou por pessoas que só conhece virtualmente, ainda que tenha um vínculo de longa data.

Cuidado com quem compartilha informações pessoais, como endereço, telefone, local em que trabalha ou estuda. E evite adicionar pessoas desconhecidas ao seu perfil nas redes sociais.

Mantenha o antivírus atualizado e não abra arquivos enviados por “amigos virtuais”, pois podem estar infectados e roubar seus dados pessoais e financeiros.

Só para perceber que até pessoas mais “vividas” caem neste golpe, veja os casos abaixo.


Um caso famoso é do jogador de volei italiano Roberto Cazzaniga, que acreditou por 15 anos que namorava à distância a modelo brasileira Alessandra Ambrosio, causou enorme espanto entre internautas. O atleta, que enviou 700 mil euros (R$ 4,3 milhões):



Existem alguns documentários que abordam o tema do golpe catfish, além do já conhecido “O Golpista do Tinder”. Aqui estão alguns exemplos:

  1. “Catfish” – Este é o documentário que deu origem ao termo “catfish”. Ele conta a história do produtor de TV Nev Schulman, que se apaixona por uma mulher que conheceu online e descobre que ela não é quem dizia ser. O filme explora os aspectos emocionais e psicológicos por trás do catfishing.

  2. “Catfish: The TV Show” – Esta é uma série de televisão derivada do documentário “Catfish”. Cada episódio segue a jornada de pessoas que estão em relacionamentos online e suspeitam que estão sendo enganadas. Os apresentadores Nev Schulman e Max Joseph ajudam a investigar a verdade por trás dos perfis falsos.

Esses são dois documentários conhecidos que abordam o tema do golpe catfish. Eles exploram os aspectos emocionais, psicológicos e os riscos envolvidos nesse tipo de fraude online. Vale ressaltar que a disponibilidade desses documentários pode variar de acordo com a região e as plataformas de streaming.


Referências:

“Caso Alessandra Ambrósio: catfish e como se proteger” – TecMundo (URL: https://www.tecmundo.com.br/internet/230164-caso-alessandra-ambrosio-catfish-proteger.htm)

“Golpista do Tinder é documentário sobre catfish na Netflix” – O Rolo (URL: https://orolo.com.br/mulher/golpista-do-tinder-e-documentario-sobre-catfish-na-netflix/)


Gostou deste conteúdo?


Então fique ligado nos posts. Sempre tem informação atualizada e relevante por aqui.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page