google.com, pub-7228869011542059, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Avanço da Diversidade nas Empresas: Desafios e Perspectivas


Diversidade

Contexto Atual da Diversidade nas Empresas


Nos últimos anos, a conscientização sobre a importância da diversidade nas empresas tem aumentado significativamente. No entanto, uma recente pesquisa realizada pela startup to.gather, especializada em inclusão, revela que 58% das empresas ainda acreditam ter avançado pouco ou pouquíssimo no tema da diversidade nos últimos dois anos. Somente 9,7% das empresas participantes consideram que houve um progresso substancial nesta área.


Representatividade de Grupos Diversos nas Empresas


O mapeamento da pesquisa destaca a representatividade dos diferentes grupos diversos dentro das empresas. As mulheres são o grupo mais representado, constituindo 39% do quadro de funcionários. Em seguida, temos pessoas pretas e pardas com 31%, profissionais acima dos 50 anos com 10,9% e pessoas LGBTQI+ com 10,1%. Os grupos menos representados incluem pessoas com deficiência (3%), neuroatípicos (2%) e pessoas trans e travestis, que somam apenas 0,9%.


Cenário nos Cargos de Liderança


Quando analisamos a diversidade nos cargos de liderança, o cenário se torna ainda mais preocupante. Mulheres representam apenas 31% das posições de liderança, enquanto pessoas negras somam 17%. Profissionais com mais de 50 anos compõem 14% dos líderes, pessoas LGBTQI+ são 5%, neuroatípicos 1%, pessoas com deficiência 0,8%, e pessoas trans e travestis apenas 0,2%.


Medidas para Mudança do Panorama Atual

Para enfrentar essa situação, diversas ações afirmativas têm sido implementadas. A pesquisa identificou um aumento na criação de vagas direcionadas para públicos diversos, adotadas por quase 60% das empresas. No entanto, essa foi a única política afirmativa que cresceu em comparação com 2022, com um aumento de 1,1 ponto percentual.


Outras iniciativas, como programas de estágio ou trainee para grupos sub-representados, políticas de equidade salarial e capacitações técnicas para minorias sociais, apresentaram uma queda na adoção. Programas de estágio ou trainee são agora utilizados por apenas 25% das empresas, uma redução de 5 pontos percentuais. Políticas de equidade salarial e capacitações técnicas caíram 3% e 15% desde 2022, respectivamente.


Ações de Inclusão na Cultura Corporativa


Para garantir uma inclusão mais efetiva, muitas empresas têm adotado ações voltadas para a cultura corporativa. Entre essas ações, destacam-se programas de letramento para funcionários, comunicação interna focada na diversidade, treinamentos para líderes e trabalhadores, criação de grupos de afinidade e capacitação dos profissionais de recrutamento e seleção. Contudo, pessoas LGBTQI+, transgênero e com mais de 50 anos são os grupos que menos recebem vagas afirmativas, com 14%, 13% e 11%, respectivamente.


Investimentos em Diversidade e Inclusão


A pesquisa revela que os investimentos em diversidade e inclusão ainda são limitados. Cerca de 26% das empresas investem menos de R$ 50 mil, enquanto 21% destinam até R$ 100 mil para financiar suas ações. Os maiores investimentos, acima de R$ 700 mil, são predominantes apenas entre grandes empresas com mais de 10 mil funcionários.


Adicionalmente, apenas 50,5% das empresas possuem uma estratégia formal de diversidade implementada. Apesar de o tema estar ganhando espaço no compromisso da área de recursos humanos, o setor ainda enfrenta desafios significativos para implementar ações efetivas e incluir a estratégia no orçamento.


Conclusão


Embora a conscientização sobre a importância da diversidade nas empresas esteja crescendo, os dados mostram que ainda há um longo caminho a ser percorrido para alcançar uma verdadeira inclusão. É essencial que as empresas ampliem seus investimentos em diversidade e inclusão, adotem políticas afirmativas de forma consistente e integrem essas estratégias em suas culturas corporativas para promover um ambiente de trabalho mais equitativo e representativo.

1 visualização0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page