google.com, pub-7228869011542059, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Alerta: golpe de boletos pode causar prejuízos financeiros e danos à reputação


Saiba como identificar para orientar os clientes:


O boleto bancário é muito utilizado no Brasil por ser uma forma simples de cobrar e pagar por produtos e serviços, mas assim como nos demais meios de pagamento está sujeito a tentativas de golpes.


O golpe do falso boleto tem como objetivo fazer com que o seu pagamento vá para a conta bancária do golpista ou de “laranjas”, por meio da falsificação de boletos de compras ou cobranças.


Há diversas maneiras de execução do golpe, que vão desde a manipulação do código de barras do documento, a criação de páginas falsas que oferecem o download do falso boleto, até o envio de documento falso por e-mail, SMS, WhatsApp ou mesmo para a sua casa.


A distração das pessoas é sempre um fator utilizado pelos golpistas. Estar atento e observar as orientações de segurança são fundamentais para reconhecer um boleto falso e não se tornar mais uma vítima.


Como saber se o boleto é falso?


Conferir as informações do boleto podem ajudar a identificar uma tentativa de golpe.



- Código de barras


Os três primeiros números do código de barras correspondem ao código do banco beneficiário. Um boleto do Banco do Brasil, por exemplo, sempre começará com o número 001. Para saber o código de cada banco, acesse o site da Febraban.


Os números finais do código de barras devem ser exatamente o valor do boleto. Por exemplo: se o valor a ser pago é de R$ 102,50, os últimos dígitos do código serão 10250.


- Dados do beneficiário e do pagador


Os boletos sempre apresentam o número do CPF ou CNPJ do emissor, que é a pessoa ou a instituição que está fazendo a cobrança, assim como os seus dados como pagador. Verifique se as informações estão corretas e se você reconhece a empresa beneficiária.

- Vencimento do boleto


Todas as informações do boleto devem estar corretas. Até mesmo uma data de vencimento diferente da acordada pode ser sinal de golpe.


Além de checar os dados do documento, observe se há erros de digitação, manchas ou borrões na impressão, pois são comuns em e-mails e boletos falsos. Palavras faltando alguma letra e erros de português podem indicar uma tentativa de golpe.


Como fazer para se proteger?


Além de checar todos os dados do boleto, outros cuidados são muito importantes para se manter seguro, como:

  • Não pague boletos de forma apressada. Na hora de realizar o pagamento no caixa eletrônico ou pelo App confira se os dados que aparecem são iguais aos que estão no boleto, como o valor, nome do beneficiário, banco e data de vencimento. Se algum dado estiver errado, não pague o boleto. Contacte a empresa ou a pessoa emissora do documento para confirmar a sua veracidade.

  • Opte pela leitura automática do código de barras. Se ocorrer erro na leitura, fique atento, pois boletos falsos podem apresentar esse erro para te forçar a digitar a sequência errada.

  • Tenha cuidado com boletos que chegam em sua casa. Prefira emitir o boleto direto no site oficial da empresa ou acesse o documento nos aplicativos dessas instituições. Confira se o site é seguro, se tem “https” antes do endereço e um cadeado ao lado.

Sempre que possível, em pagamentos recorrentes, como contas de água e luz, opte pelo débito automático.

Mantenha seus equipamentos protegidos, com antivírus instalado e atualizado. Existem vírus que podem alterar o código de barras de um boleto, mesmo os baixados em sites seguros.


Compartilhe as orientações, todos nós podemos e devemos ser influenciadores e disseminadores do conteúdo de segurança. As informações podem fazer toda a diferença na prevenção.


No Blog BB está disponível uma matéria sobre o golpe do falso boleto (https://blog.bb.com.br/golpe-do-boleto-falso-saiba-como-se-proteger/) para você compartilhar com clientes, parentes e amigos.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page